Se sentindo pra baixo ultimamente?

pra baixo

Olá meninas!

A vida às vezes pode estar sendo um fardo e a gente custa a se dar conta…

Você tem se sentido muito pra baixo ultimamente? Parece que nada tem dado certo na sua vida ou existe sempre a sensação de nunca ser boa o suficiente em alguma coisa? Vamos ver se consigo te ajudar com algumas questões. As principais fontes desses pensamentos negativos normalmente se originam de quatro pilares:

1. Competência

A sensação de que você nunca é boa o suficiente em alguma habilidade ou capacidade de realizar alguma coisa, como ganhar dinheiro ou ser perfeita no seu trabalho, em casa, na criação dos filhos, etc…

2. Corpo

A sensação de que o seu corpo não é bonito, ou forte, ou magro, ou alto o suficiente. 

3. Identidade

A sensação de que você, de alguma forma, não se encaixa no mundo ou em sua própria cabeça, podendo ser devido à sua raça, orientação sexual ou mesmo a sua própria personalidade.

4. Relacionamento

A sensação de que você só será amada se tiver isso ou aquilo ou se tiver uma personalidade definida. Esse “algo que está faltando” pode estar baseado no seu sucesso profissional (competência), na aparência do seu corpo, na sua vontade de mudar quem você é (identidade) ou alguma outra coisa onde você sinta que só poderá ser amada se tiver essa ou aquela qualidade. 

Seu tempo é limitado, então não o desperdice vivendo a vida de outra pessoa. Não deixe que a opinião dos outros cale a sua voz interior. –

Steve Jobs.

Por que você se sente assim?

Se você apresenta alguma combinação desses quatro fatores, isso geralmente é resultado de uma ferida emocional interna que foi sofrida no início da sua vida e que você nem se dá conta que ela realmente exista conscientemente. Este tipo de ferida pode ter sido  herdada de seus pais ou não, sendo transmitida involuntariamente a você sem maldade ou convicção. Pode ser também originada de algum trauma sofrido que sua cabeça bloqueou para que você não se lembre mais dele…. No entanto, uma vez que essas sementes daninhas são plantadas em seu coração e não são reparadas, elas vão dando espaço a sentimentos de baixa auto-estima, ansiedade, raiva e até mesmo depressão ao longo da vida.

Como curá-la?

O segredo para curar verdadeiramente essa ferida não é lutar contra essa voz interior negativa, nem tampouco inibi-la com o uso exagerado de álcool, de comida ou ser muito perfeccionista, mas sim tentar resgatá-la lá no seu interior, pois essa ferida é, sim, uma parte significante e importante de sua vida…. Ela é uma parte que lhe foi tirada e está ferida e sangrando há muito tempo. Este é o verdadeiro significado da “recuperação”: ter de volta esta parte exilada para que você se torne uma pessoa curada e inteira novamente.

Comentários pessoais

Esse texto eu retirei de um site de ajuda (presidelife.com) e achei que ele conseguiu realmente reunir os quatro pilares principais das fontes de uma baixa auto-estima.  É claro que ler revistas e artigos de auto-ajuda podem realmente ajudar você melhorar, mas nada como um acompanhamento de um profissional da área da psicologia ou psicanálise. Muita gente tem preconceito quanto à psicanálise por achar que pode “superar” os traumas sozinhos… Algumas pessoas podem sim… mas vejo isso mais como uma exceção à regra. Essas feridas escondidas então longe do nosso consciente e muitas vezes é preciso de alguém profissional para nos ajudar a encontrar o caminho certo para localizá-las. Sim, custa dinheiro… mas o investimento é pra você mesma! Não existe preço para voltar a ser feliz! Pense nisto!

Faça seu comentário, pergunta, ou deixe uma idéia para um novo post 🙂

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: